sexta-feira, 28 de novembro de 2008


Já não se sabe o momento exato de partir
Não quero me entregar tão cedo
Aquele amor que sentíamos quando nos conhecemos
Não tá rolando mais, faz tempo

Não vejo mais o brilho dos seus olhos pra mim
Nem sei se ainda posso te fazer feliz
Cada momento que passamos, juro, foi bom
Mas tudo que acende apaga
E o que era doce se acabou

Me diz que eu to jogando fora
O amor que tem no coração

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Busca Vida

"Porque tudo o que eu queria era sumir por um tempo"

Vou sair pra ver o céu, vou me perder entre as estrelas. Ver de onde nasce o sol, como se guiam os cometas pelo espaço, e os meus passos nunca mais serão iguais.

Se for mais veloz que a luz, então escapo da tristeza. Deixo toda dor pra trás, perdida num planeta abandonado, no espaço, e volto sem olhar pra trás.

No escuro do céu... mais longe que o sol.

domingo, 23 de novembro de 2008

Apples and Wine

Women are likes apples on trees. The best ones are the top of the tree. Most men don’t want to reach for the good ones because they are afraid of falling and getting hurt. Instead, they sometimes take the apples from the ground that aren’t as good, but easy. The apples at the top think something is wrong with them, when in reality, they’re amazing. They just have to wait for the right man to come along, the one who is brave enough to climb all the way to the top of the tree.
Now men… men are like a fine wine. They begin as grapes, and it’s up to women to stomp the shit out of them until they turn into something acceptable to have dinner with.
Share this with all the good apples you know.

sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Cônego Guedes

Foto velhinha, mas de um dia inesquecível!!
Não existem palavras que possam definir quem foi essa pessoa!!
Um santo homem...
Graças a Deus tive a sorte de conviver com ele durante toda minha vida!!
Agora ele está no melhor lugar... intercedendo por nós!!
Sua presença física será sentida, mas compensada por tudo o que ele deixou!!
Descanse em paz!!

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Ilusión

Uma vez eu tive uma ilusão
E não soube o que fazer
Não soube o que fazer
Com ela
Não soube o que fazer
E ela se foi
Por que eu a deixei
Por que eu a deixei?
Não sei
Eu só sei que ela se foi
Mi corazón desde entoces
La llora diario
No portão
Por ella
No supe que hacer
Y se me fue
Por que la deje
Por que la deje?
No sé
Solo sé que se me fue
É a ilusão...

domingo, 16 de novembro de 2008

Gaibu...

Fim de semana em Gaibu...
Sol, mar, amigos!!
Para os que não foram, só posso dizer: P-E-R-D-E-U...
Perdeu lua cheia
Perdeu as "mili" baratas
Perdeu o significado de "camisola" pra um gringo
Perdeu o hamburguer de bife
Perdeu os churros
Perdeu a metade do bolo (porque a outra metade era de Bruna)
Perdeu dormir na varanda e acordar com a chuva na cara
Perdeu o caminho até Calhetas
Perdeu o "é notável"
Perdeu saber o significado do nome da estrela Pistola
Perdeu a super-mega-hiper andada até achar algum lugar sem gente
Perdeu jogar barra-bandeira e ver as quedas (inclusive a minha)
Perdeu levar ré de salva-vidas
Perdeu ver Kleython feito uma porca na lama
Perdeu o churrasquinho
Perdeu minha casa linda...
E entre outras tantas coisas,
Perdeu um fds na companhia das melhores pessoas!!
PS - Aos que não apareceram nesta foto, me desculpem, mas achei essa tão bonitinha!!

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

A ilha dos sentimentos

Porque o amor, quando verdadeiro, não acaba nunca...
Havia uma vez uma ilha, na qual viviam todos os sentimentos e valores do homem: o Bom Humor, a Tristeza, o Saber... como também todos os outros, incluindo o Amor.
Um dia avisaram os sentimentos que a ilha estava prestes a afundar-se. Então, todos prepararam seus barcos e partiram. Unicamente o Amor ficou, esperando sozinho, até o último momento.
Quando a ilha estava a ponto de desaparecer no mar o Amor decidiu pedir ajuda.
A Riqueza passou perto do Amor num barco luxuosíssimo e o Amor disse-lhe:
- Riqueza, podes me levar contigo?
- Não posso porque tenho muito ouro e prata no meu barco e não há lugar para ti.
Então o Amor decidiu pedir ao Orgulho, que estava passando numa magnífica barca:
- Orgulho, rogo-te, podes me levar contigo?
- Não posso levar-te Amor. Respondeu o Orgulho. Aqui tudo é perfeito, poderias arruinar-me a barca.
Então o Amor disse à Tristeza, que estava se aproximando:
- Tristeza, peço-te, me deixa ir contigo.
- Ó Amor, respondeu a Tristeza, estou tão triste que necessito ficar só.
Logo, o Bom Humor passou em frente ao Amor, mas dava gargalhadas tão altas que não ouviu que o estavam a chamar.
De repente uma voz disse:
- Vem Amor, levo-te comigo.
Era um velho que o havia chamado. O Amor sentiu-se tão contente e cheio de alegria que se esqueceu de perguntar o nome ao velho.
Quando chegou em terra firme deu-se conta de quanto devia ao velho, e assim, perguntou ao Saber:
- Saber, podes me dizer quem me ajudou?
- Foi o Tempo, respondeu o Saber.
- O Tempo, perguntou o Amor, por que será que o Tempo me ajudou?
O Saber cheio de sabedoria respondeu:
- Porque só o Tempo é capaz de compreender quão importante é o Amor na vida.

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Poema

Essa é a foto mais linda que já tiramos juntas!!
Dá uma saudade desse tempo...
Acho essa música linda, e tem tudo a ver!!
POEMA
Eu hoje tive um pesadelo e levantei atento, a tempo
Eu acordei com medo e procurei no escuro
Alguém com seu carinho e lembrei de um tempo
Porque o passado me traz uma lembrança
Do tempo que eu era criança
E o medo era motivo de choro
Desculpa pra um abraço ou um consolo
Hoje eu acordei com medo mas não chorei
Nem reclamei abrigo
Do escuro eu via um infinito sem presente
Passado ou futuro
Senti um abraço forte, já não era medo
Era uma coisa sua que ficou em mim, que não tem fim
De repente a gente vê que perdeu
Ou está perdendo alguma coisa
Morna e ingênua
Que vai ficando no caminho
Que é escuro e frio mas também bonito
Porque é iluminado
Pela beleza do que aconteceu
Há minutos atrás

domingo, 9 de novembro de 2008

Niver de Thiago


Festinha surpresa do nosso amigo Thiago, que fez o favor de esconder na foto!!

O moço do churrasco se garantiu =)

O salgadinho de queijo como sempre... delícia!!

Aletah como sempre rindo atrasada e querendo casar!!

Thiago como sempre com suas histórias!!
Eu como sempre ri demais!!

E Nildo, mesmo sem querer, saiu na foto!!

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Ninguém é a medida do mundo

Deus nos coloca sempre perto das pessoas com quem podemos aprender algo. Isto é sempre verdade e, com alguma humildade, qualquer um pode comprovar. Mas tem pessoas que vivem como se fossem só para ensinar os outros. Elas realmente crêem saber toda verdade, tudo que é bom, e se sentem no dever de dizer às outras como é o jeito certo de agir ou de pensar, ou até de sentir.
Essas pessoas se acreditam certas, agem numa espécie de convicção heróica, de que todo mundo é cego e elas enxergam tudo. Também é comum que sofram muito na condição de filhos, de pais, de maridos e de esposas, proclamando suas sagradas opiniões, ou guardando-as para si, numa reprovação silenciosa de qualquer conduta discordante.
Se você é uma dessas pessoas que vivem criticando quem não reza pela sua cartilha, que pensam que a verdade que descobriram tem que servir pra todo mundo e que classificam ou outros baseadas nos seus próprios julgamentos pessoais… quero falar com você.
Você precisa acordar! O que você aprendeu, o nível da verdade a que você chegou, o que você já aprendeu sobre comportamento social e conduta, tudo isto é muito seu, é conquista da sua alma nos milênios, e eu não quero que você despreze ou jogue fora. Pode lhe ser muito caro. Pode ter lhe custado muito caro, em luta e sofrimento.
O que você viveu ajuda a ver seu momento presente de uma certa forma e também orienta você nos passos que escolhe dar. Mas isto só serve pra você. Não se aplica às situações dos outros, aos problemas dos outros, às atitudes dos outros, porque as atitudes deles também nascem do que aprenderam em suas próprias experiências.
O que você pensa ou sente a respeito do bom ou do ruim, do conveniente ou inconveniente, é ótimo pra você, mas fica péssimo quando você tenta usar pra enquadrar outras pessoas, ou para dizer-lhes como agir, porque são idéias que nasceram do que você viveu e não têm nada a ver com as vidas que os outros escolheram.
Você pode até explicar suas boas intenções, mas isto não impede que você sofra, porque você quer endireitar o que não é endireitável e porque você não é juiz ou juíza de ninguém. E quanto mais você acredita que vai endireitar os outros, resolver os problemas do mundo com suas idéias, maior o seu orgulho e mais você sofre, pois você não vê o que precisa resolver em você pra parar de sofrer. Com você, você acha que está tudo certo. Só que você não é feliz. Mas acha que o problema não é com você - imagina! - nem com a sua vida azeda. Vai dizer que você não vive melhor porque o mundo não é diferente. Deus tinha que criar um outro Universo, com outra lei, onde você pudesse ficar com suas idéias perfeitas sobre tudo? Tá de sacanagem, né?
Por que não tornar tudo mais fácil?Comece tirando de cima das costas este peso de ter sempre a última palavra sobre as coisas. Essa obrigação de saber o que tomo mundo deve fazer.
É de você que você tem de dar conta. Não é dos outros. Então deixa os outros, que cada um dá conta de si. E vai viver um pouco. Ser amigo. Brincar com leveza de alma. Aprender…
Deus não fez ninguém pra ser a medida da Humanidade, porque isto seria duro demais, sofrido demais… solitário demais pra qualquer um aguentar. Mas ele deu a cada um sua própria noção de medida, também chamada de consciência.

Psicografia do espírito Calunga.
By "Simples coisas da vida - http://www.cirilovelosomoraes.com.br"
PS - Essa pessoa consegue colocar tudo o que eu penso no papel... incrível!!

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Os anjos

Você conhece alguém assim:

(...)Pegue duas medidas de estupidez
Junte trinta e quatro partes de mentira
Coloque tudo numa forma untada previamente
Com promessas não cumpridas
Adicione a seguir o ódio e a inveja
A dez colheres cheias de burrice
Mexa tudo e misture bem
E não se esqueça: antes de levar ao forno
Temperar com essência de espirito de porco,
Duas xícaras de indiferença
E um tablete e meio de preguiça(...)

Hoje não dá
Hoje não dá
Não sei mais o que dizer
E nem o que pensar


(Fragmentos de "Os Anjos", Legião Urbana)

terça-feira, 4 de novembro de 2008

Reflexão

Ultimamente eu tenho parado pra pensar um pouco mais na minha vida... pensar em várias coisas em vários aspectos.
Muitas vezes me sinto infeliz por não ter isso ou aquilo ou aquela pessoa, por as coisas não serem como eu gostaria que fossem. E realmente, minha vida não é nem um pouco como eu desejo, mas se fosse qual graça teria? Acho que o sentido da vida é esse... buscar a perfeição, a felicidade. Acho que não existe o “feliz pra sempre”, a gente morre tentando isso, e por mais que consiga alcançar os objetivos que um dia almejamos, aos poucos vão surgindo outros.
Se eu pudesse neste exato momento eu mudaria muita coisa, aperfeiçoaria o que já tenho. Não sou 100% feliz, pra isso ainda falta muito. Mas sou feliz, não posso dizer que não sou, sinto falta da vida que já tive, da minha infância, de quando as coisas eram mais fáceis, das pessoas que não estão mais aqui, de quando estive apaixonada e era correspondida. Essas coisas não voltam, mas se renovam. Nada se substitui, mas se soma. Os momentos e as pessoas boas não se esquecem.
Tenho amigos verdadeiros (e estou conhecendo outros)
Tenho uma família linda (e ainda vão nascer outros)
Tenho amores inesquecíveis (e virão outros)
É como diz aquela frase... “Não tenho tudo que (ou quem) amo, mas amo tudo o que tenho”.

domingo, 2 de novembro de 2008

Gaibu

Gaibu sempre me deixa assim... feliz!!
Adorei estar na minha casa.
Adorei estar com todo mundo.
Adorei rir tanto.
So nao gostei da picanha!!