terça-feira, 25 de agosto de 2009

Mais uma vez


Te tenho com a certeza de que você pode ir
Te amo com a certeza de que irá voltar
Pra gente ser feliz
Você surgiu e juntos conseguimos ir mais longe
Você dividiu comigo a sua história
E me ajudou a construir a minha
Hoje mais do que nunca somos dois
A nossa liberdade é o que nos prende

Viva todo o seu mundo
Sinta toda liberdade
E quando a hora chegar, volta...
Que o nosso amor está acima das coisas desse mundo

Vai dizer que o tempo não parou naquele momento
Eu espero, por você
O tempo que for
Pra ficarmos juntos
Mais uma vez!

Nós vamos estar juntos
Mais uma vez!

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Ser pessoa


Outro dia minha mãe me deu alguns vídeos do Padre Fábio de Melo, para que eu deixasse de vê-lo apenas como um “rostinho bonito”. É bem verdade que eu não conseguia vê-lo como padre, até porque ele mesmo não se veste como um (e isso é meio estranho para mim), mas é claro que eu ficava brincando quando falava algumas coisas, apesar de continuar achando ele muito bonito!!

Ainda não assisti todos os vídeos, mas gostei e muito dos que eu já assisti até o momento. Em um ele fala de como o ser humano se torna PESSOA, e eu fiquei pensando nisso por alguns momentos. Ele diz que se nasce indivíduo e aos poucos se torna pessoa, ser dono de si. E são as experiências, as instruções, a educação e a auto-estima que fazem o indivíduo “evoluir”.

E pensando bem... é exatamente isso! Quando somos bebês fazemos aquilo que nossos pais determinam que devemos fazer, eles nos vestem, dão a comida que quiserem, nos levam pra onde quiserem, etc... a partir daí já vamos tendo experiências que mesmo inconscientemente vão guiando nossas escolhas e preferências.

Quando somos crianças nossos pais ainda determinam nossas vidas, entretanto já temos o poder de escolha em algumas situações, dizemos se gostamos disso ou daquilo, se queremos ir ou não, se queremos falar, e ai a participação dos pais é fundamental para que consigamos discernir o certo do errado, o que pode e o que não pode.

Na adolescência, pra mim, é a fase crítica, pois achamos sempre que nossos pais estão errados, que estão contra nós, e eles têm que ser firmes para sustentar o “NÃO”, mesmo tendo que ouvir um “TE ODEIO” as vezes.

Passada essa fase, muitas coisas começam a ficar claras para nós. Nossos pais já começam a nos deixar “andar com os próprios pés”, e passamos a ter que assumir nossas escolhas. O papel dos pais ainda é orientar, dar o ombro, apoiar, porém nosso ser como pessoa já está formado, cabe a nós saber que caminho seguir e aguentar as consequências. É nossa auto-estima e nossa determinação que vão determinar nosso futuro. Quando gostamos de nós mesmos de verdade conseguimos ser mais fortes, conseguimos passar por dificuldades de cabeça erguida e recomeçar com mais força. Quando somos nós mesmos lidamos mais fácil com nossas escolhas, damos mais valor ao que conseguimos e almejamos. E assim vamos nos tornando pessoa.

Ser pessoa não é fácil, precisa de persistência, coragem, determinação, e muito, mas muito amor próprio. É amando a si próprio (aprendendo com os defeitos e administrando as qualidades) que conseguimos nos tornar senhores de si, e nos tornamos felizes de verdade.

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Amizade é outra coisa

Enviado por minha amiguinha Hélida que está meio sumida, mas que é amiga de verdade!!

"Amizade não é algo que o faz sair do chão e o transporta para lugares que você nunca viu.
O nome disso é avião.
Amizade é outra coisa.


Amizade não é uma coisa que você esconde dentro de si e não mostra para ninguém.
Isso se chama vibrador.
Amizade é outra coisa.


Amizade não é uma coisa que te faz perder a respiração e a fala.
O nome disso é bronquite asmática.
Amizade é outra coisa.

Amizade não é uma coisa que chega de repente e o transforma em refém.
Isso se chama seqüestrador.
Amizade é outra coisa.

Amizade não é uma coisa que voa alto no céu e deixa sua marca por onde passa.
Isso se chama pombo com diarréia.
Amizade é outra coisa.

Amizade não é uma coisa que você pode prender ou botar pra fora de casa quando bem entender.
Isso se chama cachorro.
Amizade é outra coisa.

Amizade não é uma coisa que lança uma luz sobre ti, te leva pra ver as estrelas e te traz de volta com algo dele dentro de ti.
Isso se chama alienígena.
Amizade é outra coisa.

Amizade não é uma coisa que desapareceu e que, se encontrado, poderia mudar o que está diante de você.
Isso se chama controle remoto de TV.
Amizade é outra coisa.

Amizade?
Amizade é outra coisa!
É amor, É respeito, É parceria, E é muito, muito, simples!"