segunda-feira, 28 de junho de 2010

New York City


Eu estava buscando um pouco de inspiracao e coragem pra escrever algumas linhas aqui... primeiro essa postagem vai toda sem acentos porque o pc de minha irma e todo esquisito!!

Bom, meus ultimos dias tem sido perfeitos!! Depois de uma viagem de quase 24 horas (recife - sao paulo - toronto - montreal) chegamos (eu e minha irma) a cidade que nossa irma mais velha escolheu para viver. E so quando chegamos aqui entendemos o porque dela ter deixado toda a nossa vida em Recife, pra viver em outro pais, tao diferente do nosso. Simplesmente porque tudo aqui e maravilhoso.

Ainda nao deu tempo de conhecer mos a cidade, porque no dia seguinte que chegamos fomos direto pra New York. E e sobre essa cidade do caos que eu vou falar um pouco.

A gente se acostuma a ver filmes rodados em NY e quando a gente chega la a impressao que da e de que estamos realmente no centro do mundo. Eu sempre gostei de lugares verdes, o concreto nunca me atraiu muito, mas NY e impressionante. Emociona conhecer todos os lugares que vemos pela TV.

A cidade durante a semana e louca. Gente andando de um lado pro outro, correndo, transito, buzinas, barulho... enlouquece qualquer pessoa sa. Mas em compensacao tem um parque como o Central Park, que basta voce entrar 10m e ja nao escuta o barulho da cidade, so o canto dos passarinhos, as pessoas conversando, da uma paz muito grande, e o que salva a cidade!!

Agora um lugar que eu adorei, apesar do meu cunhado detestar, foi a Times Square, sei la, as coisas la sao hipnotizantes... as luzes por todo lado deixam voce com vontade de ficar ali a noite inteira olhando os detalhes, e mto engracado!!

Mas o lugar mais impressionante e a regiao de onde ficava o World Trade Center. A atmosfera la e muito pesada. Nao da vontade nem de rir pra foto. Voce fica se perguntando como tudo aconteceu, como as coisas ficaram por la no dia do desastre. Ver uma igrejinha que ficava bem do lado intacta mostra a presenca de Deus ali apesar de tudo... O memorial tb e bem triste, voce sai de la com um no na garganta... e emocionante!!

Agora decepcao foi com a Estatua da Liberdade... pense num monumento sem graca!! Ate o Cristo de Gravata e mais interessante. Uma estatua pequena, que nao se ve de lugar nenhum, sem graca total!! O passeio de Ferry Boat pra ver a estatua so fica interessante porque da pra ver toda a Ilha de Manhattan!!

Por enquanto fico por aqui... ta na hora de dormir e amanha fico mais velha!!! Vai rolar festinha com coxinha e brigadeiro canadense aqui!! uhuhuhuhuhuhuhuhuhu!!

Em outra hora posto fotos de Montreal!!

PS - A foto e do Central Park!!

sábado, 12 de junho de 2010

The history of Bocoiós


Essa é a história do meu primo-irmão Bocoió Luzer, que se apaixonou pela Bocoió Simone, que estão esperando o Bocoiozinho Guilherme!!

Eu cresci com meus primos, mais com Luzer e Savinho por sermos da mesma idade. Isso me forçou a aprender a jogar futebol, soltar pipa, jogar bolinha de gude, etc... afinal, eram dois meninos contra uma menina, ou eu brincava com o que eles queriam ou ficava de fora.

Eu sempre me dei muito bem com Savinho, não lembro uma única vez que brigamos, ele sempre fazia tudo por mim e eu por ele, e isso é até hoje. Já eu e Luzer vivíamos brigando, e como dizia minha mãe, eram brincadeiras "sem graça nenhuma". Luzer adorava me afogar na piscina, "brincar" de judô (claro que era desculpa pra me dar rasteira), me colocar no paredão e ficar chutando a bola pra mim, essas coisas bem sutis... Mas também passava uma tarde inteira montando Lego comigo, andando de bicicleta, ou fazendo casinha na árvore. Luzer era tratado como o "irresponsável" que não queria nada com a vida, a não ser curtir ela ao máximo. Não gostava de estudar, só queria saber de se divertir.

Na adolescência a gente se aproximou muito mais, ele se tornou melhor amigo dos meu amigos, e eu lembro com muita saudade das tardes que a gente saía do colégio e ia pra casa dele ficar tocando violão. As conversas no colégio sobre os paqueras, os conselhos, as brincadeiras. Todo mundo pensava que éramos irmãos. E eu achava ele o máximo. Super simpático, amigos de todos, e lindo!! Meu IRMÃO!!

Mas com as coisas da vida a gente foi se distanciando, deixamos de ter a convivência diária, eu deixei de ser sua vizinha, faculdade, trabalho, etc... Mas acompanhei sempre na torcida seus progressos. Quando ele me disse que tinha virado gerente no banco eu fiquei super orgulhosa. Sempre que dá a gente ainda se vê, seja em Itamaracá, seja nas festinhas de família, seja uma visitinha rápida na casa dele... mas NUNCA deixo de pensar nele antes de dormir e rezar para que ele seja sempre muito feliz.

Algumas semanas atrás foi o seu casamento com a melhor pessoa que ele poderia ter escolhido. Simone é uma das pessoas mais meigas que eu já conheci, e com certeza é a pessoa que eu sempre desejei ter ao lado do meu primo. Uma mulher linda, madura, responsável, trabalhadora, um amor de pessoa!! E principalmente, que faz meu primo muito feliz.

Bom, Luzer que era tratado como irresponsável, hoje é gerente de um grande banco mundial, está casado, comprou apartamento, e será PAI!!

E eu estou mais que orgulhosa!!

E pra mostrar esse amadurecimento, ai vai um email que ele me mandou uns dias atrás, num momento que eu estava bem pra baixo:

"Cabe somente a nós modificarmos nossas vidas para que nossos dias sejam vividos com prazer, e o futuro, por mais cedo que chegue, seja melhor.
Você está satisfeita com a vida que leva? Com sua rotina? Seu trabalho? Mude! Não espere por ajuda, se ajude e ajude aos outros também.
O que você está fazendo para melhorar sua vida?
Não importa sua idade, e nem as experiências que você já viveu. Sempre há tempo para tornar a vida melhor.
Hoje vão aparecer problemas para você, e ai? Vai ficar estressada ou vai bater no peito e resolvê-los? Todos temos problemas e dificuldades e não ache que o seu é pior, pois se procurar vais saber que tem gente com problemas muito maiores que o seu.
E sabe o que é interessante? Você sabe disso!
Você não é coitada e nem se faça.
Sorria e seja muito feliz!"

Que a família Bocoió seja muito feliz, e que Guilherme venha com muita saúde... porque com pais lindos como esses, será o menino mais lindo do berçário!!

domingo, 6 de junho de 2010

Only Time

Ontem, cheguei em casa a noite, depois de um dia com meus amigos queridos na volta da minha amiga Aline (que morou mais de um ano em Toronto). Saudadona dela!!

Depois no aniversário de vó Fafá, onde eu ri muuuuito com as leseiras de todos, bom demais!!

Cheguei em casa... sem sono... fiquei vendo TV e assisti pela enésima vez Doce Novembro. Tão fofo esse filme, e ontem pela primeira vez ele mexeu comigo, sabe-se lá porque. Mas me emocionei quando ouvi essa música. Na verdade "Only Time" eu escutei numa época bem ruinzinha da minha vida, e escutar ela ontem de novo, sei lá, me fez voltar a momentos ruins, que eu já tinha deixado bem guardado lá no fundo da memória. O filme acabou e eu fiquei pensando na música, e parei pra pensar em cada frase, cada palavra, cada significado, e putz... que m-ú-s-i-c-a!!! Basta o título dela pra definir tudo... "SÓ O TEMPO". O tempo é o melhor remédio para tudo na vida. Bastou o tempo de algumas horas pra eu voltar a rir com o dia perfeito que foi ontem. O tempo está me fazendo muito bem!!

Então, pra quem não conhece, taí a música "Only Time" de Enya, traduzida:

"Quem pode dizer para onde vai a estrada?
Para onde o dia flui?
Só o tempo.
E quem pode dizer se o seu amor cresce conforme seu coração escolhe?
Só o tempo.
Que pode dizer por que seu coração suspira conforme seu amor voa?
Só o tempo.
E quem pode dizer por que seu coração chora quando seu amor morre?
Só o tempo.
Quem pode dizer, quando os caminhos se cruzam, que o amor deve estar em seu coração?
E quem pode dizer quando o dia termina, se a noite guarda todo seu coração?
Quem sabe?
Só o tempo."

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Sereníssima

Ontem procurando algumas coisas achei um CD meu de Legião Urbana, o Acústico MTV. Na mesma hora eu comecei a ouvir. Aquelas músicas me lembram de uma época tão boa, quando eu tinha uns 14, 15 anos... Nunca coloco Legião entre minhas bandas preferidas, mas a minha música preferida é deles, acho até que se eu fizer uma relação das 10 músicas que eu mais gosto vai ter no mínimo umas 4 deles. Vento no Litoral, Giz, Teatro dos Vampiros, Pais e Filhos e tantas outras me fazem refletir tanto, e dependendo do meu estado de espírito me dizem coisas diferentes de quando eu ouvi em um outro momento. E o momento em que eu mais escuto músicas é a noite, deitada na minha cama... vou dormir pensando naqueles versos, e isso normalmente me traz um certo conforto.

Bom, tudo isso é pra escrever aqui a música que eu mais tenho ouvido "Sereníssima", que tem me feito refletir sobre várias coisas e eu não canso de ouvir.
Aliás, eu não gosto de falar palavrão não, mas não tem como definir... PQP, Renato Russo era f....!!!!

"Sou um animal sentimental
Me apego facilmente ao que desperta o meu desejo
Tente me obrigar a fazer o que não quero
E você vai logo ver o que acontece

Acho que entendo o que você quis me dizer
Mas existem outras coisas

Consegui meu equilíbrio cortejando a insanidade,
Tudo está perdido mas existem possibilidades,
Tínhamos a idéia mas você mudou os planos
Tínhamos um plano, você mudou de idéia

Já passou, já passou - quem sabe outro dia.

Antes eu sonhava, agora já não durmo
Quando foi que competimos pela primeira vez?
O que ninguém percebe é o que todo mundo sabe
Não entendo terrorismo, falávamos de amizade.

Não estou mais interessado no que sinto
Não acredito em nada além do que duvido
Você espera respostas que eu não tenho
Mas não vou brigar por causa disso

Até penso duas vezes se você quiser ficar.

Minha laranjeira verde, porque está tão prateada?
Foi da lua desta noite, do sereno da madrugada
Tenho um sorriso bobo, parecido com soluço
Enquanto o caos segue em frente
Com toda a calma do mundo."