domingo, 19 de junho de 2011

27 anos


Hoje completo 27 primaveras, ou melhor, invernos!

Para algumas pessoas o aniversário é como outra data qualquer, como um dia na semana normal, onde se faz tudo da mesma forma. Para outros é dia de comemorar, fazer aquela big festa, chamar amigos e não amigos, beber todas, e se divertir muito. Para outros um momento de reflexão, de pensar no último ano, na vida, o que fez ou deixou de fazer, e o que ainda pode ser feito, é dia de colocar os desejos a limpo. Já para outros é o dia de ficar com a família, fazer um jantarzinho íntimo, comer um bolo e nada mais. Para outros é tudo isso misturado!

Bom, pra mim aniversário já foi muita coisa!

Quando eu era criança ficava contando os dias, pois sempre tinha festa. Por ter tido o prazer de nascer no dia de São Pedro, meu aniversário sempre tinha fogueira, fogos e comidas típicas da época, sem falar nas músicas de Luiz Gonzaga! Caramba, era muito bom! Até hoje não sei como meus pais conseguiam fazer tudo aquilo, tinha espaço pra adulto, criança e adolescente, todo mundo aproveitava! E eu provavelmente deveria ser a que mais curtia!

Passada essa época de criança, quando a gente começa a achar que já é grande demais pra essas coisas, meu aniversário continuou tendo fogueira, fogos, Luiz Gonzaga e comidas típicas! E eu continuei adorando! Na hora do parabéns sempre tive ao meu lado meu primo-irmão Breno e vez ou outra minha prima Biane, que fazem aniversário na mesma época!

Mas ai aconteceram perdas na minha vida que fizeram perder o sentido dessa comemoração toda. Na hora do parabéns e das fotos sempre ficou um vazio, e comemorar plenamente ficou mais difícil. Não to dizendo que desde então não comemoro essa data, eu só não tenho mais aquela empolgação de fazer as festas como tinha. Meu aniversário se resume a entrar de gaiata nos aniversários de Breno, junto com minha família, e as vezes na presença de amigos. E eu adoro, de verdade!

Quando era criança, que festejava meus aniversários, assim que acabava pensava "falta 1 ano para o próximo", pensava "ano que vem não pode faltar isso ou aquilo". Mas a gente vai crescendo os pensamentos mudam pra "será que estarei namorando?"; "será que estarei formada?"; "será que estarei trabalhando?".

Pensava que aos 27 anos estaria formada, trabalhando, casada e com filhos! bom, os dois últimos itens eu deixo para o próximo aniversário para serem realizados ainda.

Este ano são vários pensamentos que guardo pra mim... ano que vem eu digo se foram realizados!

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Pra que serve um namorado?


Só pra ser alguém ao seu lado?
Só pra lhe fazer companhia em todos os momentos?
Só pra ser alguém com quem você pode contar sempre?
Só pra ser seu ombro quando você quer chorar?
Só pra ser alguém com quem você quer rir junto?
Só pra ser a primeira pessoa que voce conta que recebeu aumento?
Só pra ser a pessoa que voce faz planos para o futuro?
Só pra ser a pessoa que voce quer ver envelhecer ao seu lado?
Só pra você conversar mesmo quando não tem assunto?
Só pra ser a pessoa com quem voce quer ter filhos?
Só pra ser a pessoa que você acorda pensando?
Que você dorme pensando?
Só pra ser a unica pessoa que voce quer abracar?
Que voce quer beijar?
Que voce quer apresentar pra familia?
Que vibra com suas conquistas?
Que torce por você?

Só pra isso?
Pra tudo isso?

Feliz daquele que encontra a pessoa que faz só essas coisas... nem tudo é eterno, mas o que importa e que voce possa dizer que valeu a pena!

Feliz dia dos namorados para aqueles que tem, conservem, saibam conviver, e sejam muito felizes, enquanto isso eu vou ali... fazer companhia a meu ursinho de pelúcia!